quarta-feira, 24 de novembro de 2010 às 22:16 | 3 milhões de comentários


"A AVENTURA TEM QUE SER LOUCA, MAS O AVENTUREIRO TEM QUE SER LÚCIDO"


AO SUPORTE TÉCNICO:

Prezado Técnico,

Há um ano e meio troquei o programa Noiva 7.0 pelo Esposa 1.0 e verifiquei que o programa gerou um aplicativo inesperado chamado Bebê.exe que ocupa muito espaço no HD. Por outro lado, o Esposa 1.0 se auto-instala em todos os outros programas e é carregado automaticamente assim que eu abro qualquer aplicativo. Aplicativos como Cerveja com a turma 10.3, Noitedefarra 2.5 ou Domingodefutebol 5.0 não funcionam mais, e o sistema trava assim que eu tento carregá-los novamente. Além disso, de tempos em tempos um executável oculto (vírus?) chamado Sogra 1.0, encerrando abruptamente a execução de um comando. Não consigo desinstalar este programa. Também não consigo diminuir o espaço ocupado pelo Esposa 1.0 quando estou rodando meus aplicativos preferidos. Eu gostaria devoltar ao programa que eu usava antes (Noiva 7.0) mas o comando Uninstall não funciona adequadamente.

Poderia ajudar-me? Por favooooor!!!

Ass: Usuário Arrependido

RESPOSTA:

Prezado usuário,

Sua queixa é muito comum entre os usuários, mas é devida, na maioria das vezes, a um erro básico de conceito: muitos usuários migram de qualquer versão Noiva X.0 para Esposa 1.0 com falsa ideia de que se trata de um aplicativo de entretenimento e utilitário.

Entretanto, o Esposa 1.0 é muito mais do que isso: trata-se de um sistema operacional completo, criado para controlar todo o sistema. É quase impossível desinstalar Esposa 1.0 e voltar para uma versão Noiva X.0, porque há aplicativos criados pelo Esposa 1.0 como o filhos.doc, portanto sem nenhuma vantagem. É impossível desinstalar, deletar ou esvaziar os arquivos dos programas depois de instalados. Você não pode voltar ao Noiva X.0 porque Esposa 1.0 não foi programado para isso.

Alguns usuários tentaram formatar todo o sistema para em seguida instalar o Noiva Plus ou o Esposa 2.0, mas passaram a ter mais problemas do que antes (leia Obs. no capítulo "Cuidados Gerais" referente a "Pensões Alimentícias" e "Guarda das crianças").

Embora exista uma versão Esposa 3.0 e até mesmo Esposa 4.0, estes programas só podem ser usados por especialistas, com custo muito elevado, e de uso desaconselhado para usuários comuns. Se todos estes sistemas falharem, aconselhamos o uso de programas totalmente distintos, como Solteiro 1.0 com arquivos do tipo Casademassagens.bmp ou Relaxformen.dll. Mas nós aconselhamos manter Esposa 1.0 e usá-lo com todo carinho.

Eu, pessoalmente, há pouco tempo atrás instalei o Esposa 1.0, mas antes estudei aprofundadamente todo o capítulo referente a Erros Comuns (EC). Esposa 1.0 é um programa muito sensível aos comandos e funciona em modo protegido contra erros. Isto significa que você deve assumir qualquer erro que apareça, não importa qual a causa, porque o programa considera sempre que um erro no sistema só possa ser proveniente de mau uso de sua parte.

Uma das melhores soluções é o comando DESCULPAR.EXE assim que aparecer o menor problema ou se travar o micro. É inútil reiniciar o sistema. Evite o uso excessivo das teclas ESC (escape) ou das que podem provocar o uso posterior de DESCULPAR.EXE/flores/all para poder rodar normalmente.

Para melhorar a rentabilidade do Esposa 1.0, aconselho o uso de Flores 5.0, Fériasnocaribe 3.2 ou Jóias 3.3. Os resultados são bem interessantes. Mas nunca instale Secretáriademinisaia 3.3, Namoradinha 1.2 ou Turmadochope 4.6, pois não funcionam depois de ter sido instalado o Esposa 1.0 e podem causar problemas irreparáveis no sistema.

Boa sorte!


À PROCURA DE VIRTUDES

Você acredita que ter virtudes é importante para um bom relacionamento?

E você costuma procurar virtudes nas pessoas com as quais convive?

Talvez você acredite que ter virtudes é importante e até as procure nas pessoas de sua relação, mas se questione se essas qualidades não são escassas em alguns indivíduos.

Bem, se você está com essa problemática, talvez possamos pensar juntos sobre como tentar resolver esse impasse. Já houve algum momento em que você se interessou por algo, e passou a notar esse algo com mais frequência?

Por exemplo: se você resolve comprar um veículo de tal marca e tal modelo, começa a notar muitos desses veículos circulando pelas ruas, o que não acontecia antes, não é mesmo? Pois bem, isso é fruto do interesse, da atenção que você presta no objeto que procura. Algo semelhante pode acontecer também com os defeitos, os vícios, as qualidades, os valores, as virtudes dos indivíduos.

Se você observa uma pessoa à procura de defeitos, certamente vai perceber só defeitos, pois esse é o foco da sua atenção. Nem sempre isso quer dizer que a pessoa tenha os defeitos que você nota, mas suas lentes estão ajustadas para ver defeitos. Ao contrário, quando você ajusta seu olhar para detectar virtudes perceberá, sem dúvida, muitas delas.

Experimente fazer isso com alguém do seu círculo de relacionamento em quem você nunca percebeu nenhuma virtude. Comece a observar com olhos de ver, e encontrará virtudes. Isso fará com que seu conceito sobre essa pessoa se modifique para melhor. Esse é um bom exercício para quem deseja tornar sua vida de relação mais harmônica.

Não existe uma pessoa no mundo que não tenha pelo menos uma virtude, uma qualidade. Basta procurar. E quando passamos a ver qualidades nas pessoas que convivem conosco, o relacionamento se torna mais agradável.

Para ajudar nessa procura por boas qualidades, vamos citar algumas delas:

Paciência, pontualidade, boa-vontade, alegria, otimismo, responsabilidade, organização, respeito, espírito de equipe, discrição, lealdade, honestidade, senso de justiça, disposição, sinceridade, tolerância, etc.

Às vezes implicamos com uma pessoa apenas porque ela pensa diferente de nós e por isso a rotulamos e a excluímos do nosso círculo de amizades. Outras vezes, o simples fato de não simpatizarmos com alguém já basta para nos afastar e evitar aproximações.

E se viver em sociedade é condição natural dos seres humanos, importante que procuremos viver bem com as demais pessoas. Façamos esse importante exercício de procurar virtudes. E o mérito será maior quanto mais difícil for para encontrá-las e lhes dar o devido valor. Afinal, virtudes são como joias valiosas, é preciso descobrí-las e saber apreciá-las. Que tal essa proposta?

Pense nisso, afinal, você não tem nada a perder. Pelo contrário, tem muito a ganhar.

Como?

Ora, tornando sua vida de relação mais agradável e contribuindo com seu tijolo de otimismo nessa construção chamada sociedade.

Pense nisso, ajuste suas lentes, e seja um garimpeiro de virtudes!


11 SOMERSET



Que tal usar aparatos tecnológicos para resolver mistérios sobrenaturais? Aqui sua missão é resolver um caso que envolve desaparecimentos e experiências mágicas. O game não é incrivelmente difícil, mas as animações são legais e bonitas. Para jogar clique na bolinha vermelha (embaixo) e depois é só clicar nos círculos amarelos e escolher o nível, que vai de I ao XIII. Boa sorte.

PENSAMENTOS

PENSAMENTO 1
Se você for fazer alguma coisa errada... "APROVEITE".

PENSAMENTO 2
Se você ainda não encontrou a pessoa certa... divirta-se com a errada!!!

PENSAMENTO 3
O duro não é carregar o peso do chifre, o duro é sustentar a vaca.

PENSAMENTO 4
Uma empresa é como uma árvore cheia de macacos. Cada um num galho diferente, alguns descendo, outros subindo. Os macacos que estão em cima olham para baixo e enxergam um monte de rostos sorridentes. Os que estão embaixo olham para cima e só enxergam bundões.

PENSAMENTO 5
Mulher bonita e dinheiro na mão de bêbado só servem pra fazer alegria de malandro.

PENSAMENTO 6
Mulheres são como moedas: ou são caras ou são coroas.

PENSAMENTO 7
Agora sou alpinista, só o cume interessa.

PENSAMENTO 8
As nuvens são como chefes... quando desaparecem, o dia fica lindo!!!

PENSAMENTO 9
Para que levar a vida a sério, se nós nascemos de uma gosada?!

PENSAMENTO 10
O chifre é como o consórcio, quando você menos espera, é contemplado.

PENSAMENTO 11
Nas horas difíceis da vida você deve levantar a cabeça, estufar o peito e dizer de boca cheia: agora fudeu!!!

PENSAMENTO 12
Os psiquiatras dizem que uma em cada quatro pessoas tem alguma deficiência mental. Fique de olho em três dos seus amigos. Se eles parecerem normais, o doido é você.


EXERCITE SUA INSANIDADE

O que se pode fazer no supermercado enquanto a sua mulher/marido esta gastando tempo fazendo compras:

01. Vá buscar muitas caixas de preservativos e deixe uma em cada carrinho por onde passar, enquanto o respectivo dono esteja distraído;

02. Vá junto de um empregado e diga-lhe numa voz oficial "Temos um código 3 no armazém". Depois veja o que acontece;

03. Desafie os outros clientes a fazerem um duelo com rolos de papel higiênico;

04. Abra uma tenda no departamento de campismo e diga aos outros que os convida se eles trouxerem almofadas;

05. Olhe bem de frente para a câmara de vigilância e utilize-a como espelho enquanto limpa o nariz;

06. Pegue todos os bonecos do setor de brinquedos e disponha-os no chão de modo a formar um campo de batalha gigante;

07. Vá ao setor das armas, pegue numa espingarda e, com um ar de louco, pergunte no balcão de informações se sabe onde estão os anti-depressivos;

08. Vagueie com um ar suspeito enquanto murmura o tema da "Missão Impossível";

09. Esconda-se entre os ternos quando alguém chegar perto, diga "Leve-me! Leve-me!";

10. Quando ouvir uma chamada ou um anúncio nos alto-falantes, encolha-se numa posição fetal e grite "NÃO!!! Outra vez aquela voz!!!";

11. Vá até os sanitários e grite bem alto "Hei! Não há papel higiênico aqui!";

12. Quando sair dos sanitários individuais, tranque a porta por dentro e saia por baixo da porta (repita esta operação em todos os sanitários). Se alguém o apanhar, diga que "a porta ficou trancada!!!".


NOME DO BEBÊ

A garota novinha - muito gostosa por sinal - está ansiosa para sua primeira festona e com medo dos avanços da garotada. Então pede um conselho a mãe, que lhe dá as dicas.

- Se os caras começarem a insistir muito, você pergunta: "Qual vai ser o nome da criança?", isso vai fazê-los correr...
- Podescrer!

No meio da dança o rapaz diz:

- Vamos lá no jardim atrás da piscina?

Ela vai, mas quando o moço começa a botar a mão, ela pergunta:

- Que nome que a gente vai dar para a criança?

O rapaz a olha com surpresa, diz que esqueceu a carteira no bar e vai saindo depressinha.

Uma hora mais tarde a cena se repete com outro. Igualzinho! Quando ela pergunta qual será o nome da criança, ele fica de pés frios e sai correndo. Mais tarde a cena se repete com outro moço. Vai com ela para o jardim. Começa com beijinho aqui, com beijinho ali. Ela pergunta:

- Qual vai ser o nome da criança?

Ele vai abrindo o vestido dela. Ela pergunta:

- Qual vai ser o nome da criança?

Ele tira o vestido dela e as calças dele. Ela pergunta novamente:

- Qual vai ser o nome da criança??? Ah... ahh... ahhhh... ahhhhhh...

Ela insiste:

- Qual vai ser o nome da criança???

Após o serviço feito ela pergunta mais uma vez:

- E agora? Qual vai ser o nome do nosso filho?

Ele - triunfante - tira devagar a camisinha cheia, levanta no alto, dá um nó firme e diz:

- Se ele conseguir sair dessa vai se chamar MacGyver!!!


DICAS DE LIVROS

COLEÇÃO BIBLIOTECA DA MEIA-NOITE (NICK SHADOW) - VOLUMES 1 AO 4


Seja bem-vindo à eletrizante Biblioteca da Meia-noite. Sou Nick Shadow, o curador desta biblioteca, que é resultado de muita pesquisa. Durante anos, consegui reunir a mais assustadora coleção de histórias já apresentada. Elas irão aterrorizá-lo, e fazer com que a carne de seu jovem esqueleto estremeça! Seguem para downloads, aqui embaixo, os volumes de 1 ao 4, respectivamente.






LIXO

Encontram-se na área de serviço. Cada um com seu pacote de lixo.

É a primeira vez que se falam...

- Bom dia...
- Bom dia.
- A senhora é do 610.
- E o senhor do 1101.
- É.
- Eu ainda não lhe conhecia pessoalmente...
- Pois é...
- Desculpe a minha indiscrição, mas tenho visto o seu lixo...

- O meu o quê?
- O seu lixo.
- Ah...
- Reparei que nunca é muito. Sua família deve ser pequena...
- Na verdade sou só eu.
- Mmmm. Notei também que o senhor usa muita comida em lata.
- É que eu tenho que fazer minha própria comida. E como não sei cozinhar...
- Entendo.
- A senhora também...
- Me chame de você.
- Você também perdoe a minha indiscrição, mas tenho visto alguns restos de comida em seu lixo. Champignons, coisas assim...
- É que eu gosto muito de cozinhar. Fazer pratos diferentes. Mas como moro sozinha, às vezes sobra...
- A senhora... você não tem família?
- Tenho, mas não aqui.
- No Espírito Santo.
- Como é que você sabe?
- Vejo uns envelopes no seu lixo. Do Espírito Santo.
- É. Mamãe escreve todas as semanas.
- Ela é professora?
- Isso é incrível! Como foi que você adivinhou?
- Pela letra no envelope. Achei que era letra de professora.
- O senhor não recebe muitas cartas. A julgar pelo seu lixo.
- Pois é...
- No outro dia tinha um envelope de telegrama amassado.
- É.
- Más notícias?
- Meu pai. Morreu.
- Sinto muito.
- Ele já estava bem velhinho. Lá no Sul. Há tempos não nos víamos.
- Foi por isso que você recomeçou a fumar?
- Como é que você sabe?
- De um dia para o outro começaram a aparecer carteiras de cigarro amassadas no seu lixo.
- É verdade. Mas consegui parar outra vez.
- Eu, graças a Deus, nunca fumei.
- Eu sei. Mas tenho visto uns vidrinhos de comprimido no seu lixo...
- Tranquilizantes. Foi uma fase. Já passou.
- Você brigou com o namorado, certo?
- Isso você também descobriu no lixo?
- Primeiro o buquê de flores, com o cartãozinho, jogado fora. Depois, muito lenço de papel.
- E, chorei bastante. Mas já passou.
- Mas hoje ainda tem uns lencinhos...
- É que eu estou com um pouco de coriza.
- Ah.
- Vejo muita revista de palavras cruzadas no seu lixo.
- É. Sim. Bem. Eu fico muito em casa. Não saio muito. Sabe como é.
- Namorada?
- Não.
- Mas há uns dias tinha uma fotografia de mulher no seu lixo. Até bonitinha.
- Eu estava limpando umas gavetas. Coisa antiga.
- Você não rasgou a fotografia. Isso significa que, no fundo, você quer que ela volte.
- Você já está analisando o meu lixo!
- Não posso negar que o seu lixo me interessou.
- Engraçado. Quando examinei o seu lixo, decidi que gostaria de conhecê-la. Acho que foi a poesia.
- Não! Você viu meus poemas?
- Vi e gostei muito.
- Mas são muito ruins!
- Se você achasse eles ruins mesmo, teria rasgado. Eles só estavam dobrados.
- Se eu soubesse que você ia ler...
- Só não fiquei com eles porque, afinal, estaria roubando. Se bem que, não sei: o lixo da pessoa ainda é propriedade dela?
- Acho que não. Lixo é domínio público.
- Você tem razão. Através do lixo, o particular se torna público. O que sobra da nossa vida privada se integra com a sobra dos outros. O lixo é comunitário. É a nossa parte mais social. Será isso?
- Bom, aí você já está indo fundo demais no lixo. Acho que...
- Ontem, no seu lixo...
- O quê?
- Me enganei, ou eram cascas de camarão?
- Acertou. Comprei uns camarões graúdos e descasquei.
- Eu adoro camarão.
- Descasquei, mas ainda não comi. Quem sabe a gente pode...
- Jantar juntos?
- É.
- Não quero dar trabalho.
- Trabalho nenhum.
- Vai sujar a sua cozinha.
- Nada. Num instante se limpa tudo e põe os restos fora.
- No seu lixo ou no meu?


NUDÊS

Dois caipiras e cumpadres tavam prosiano. Certa altura um priguntou pro outro:

- Cumpade, uquê que ancê acha desse negócio de NUDÊS?

Niqui o outro respondeu:

- Acho bão sô!

O outro ficou assim pensativo pensando e priguntou de novo:

- Cê acha bão pruquê cumpade?

E o outro:

- Uai! É mió NU DÊS que NU NOSSO né não?

YOSHI ODEIA O MARIO


UMAS COISINHAS QUE A VIDA NOS ENSINA

1) Se ele se interessou, ele liga!!! É isso mesmo, quando o cara quer, não tem projeto importante, morte da tia ou trânsito maluco que impeça de te convidar pra sair.

2) Passou uma semana sem ouvir notícias dele? Esquece, parte para outra! Ligar para saber se tá tudo bem, nem pensar!

3) HOMENS COMPROMETIDOS - Diga não!!! A relação dele tá em crise, péssima, só falta oficializar o fim??? Ótimo! Se ele quiser continuar infeliz, dane-se! Senão, ele termina de uma vez e depois te procura, combinado?

4) GRANA - O cara é ótimo, gostoso, culto, mas ganha uma merreca ou está desempregado. Tudo bem, você não está atrás do golpe do baú. Trabalha, paga suas contas, não precisa disso. Mas não há paixão fulminante que resista a nunca conseguir ir num lugar legal, um jantarzinho bacana, um final de semana em um chalé... só ganhar presente chinfrim (quando ganhar!!!) e sempre ouvir "Não tenho grana." para tudo. Isto também NÃO DÁ!!!

5) CHIFRUDO: o homem que merece ser traído, não merece nem estar comigo...

6) Ouviu aquela clássica: "Você é boa demais pra mim..." acredite! É mesmo!!! Descarte o cidadão e pare de bancar a Madre Tereza de Calcutá!

7) NÃO TENTE... não dá pra namorar um cara pelo qual você não tem um mínimo de admiração.

8) TRAIÇÃO - Não continue com um cara que te chifrou se você não aguentar a onda de ser traída de novo. E olho vivo se ele já foi infiel com outras. A gente sempre acha que com a gente vai ser diferente... ESQUEÇA!!! Nunca é.

9) E A PROPÓSITO: A FILA ANDA!!! Pior do que nunca achar o homem certo, é viver pra sempre com o homem errado.

Pensem nisso, mulheres!!! E homens, abram o olho!


COMO SABER A HORA DE PARAR

Quando um problema passa a ocupar a maior parte de nossa mente, é hora de nos distanciarmos dele. A distância física ou mental daquilo que nos preocupa pode nos ajudar a recuperar o espaço interno perdido.

Não podemos parar o mundo, mas podemos parar a nós mesmos. Parar não é perda de tempo. Pode parecer paradoxal, mas a finalidade última de parar é a de gerar forças para seguir em frente.

Os mestres budistas nos ensinam:

"Só enfrente um inimigo quando você estiver mais forte do que ele. Até lá, continue se fortalecendo."

Quando estamos envolvidos demais pela sensação de ter um problema, nos sentimos "sem saída". No entanto, ao nos predispormos a ver o problema, ao invés de tê-lo, conquistamos naturalmente uma atitude interna de nos distanciarmos dele o suficiente para vê-lo melhor.

Guelek Rimpoche nos alerta:

"O primeiro passo para sair de um problema, é criar uma forte determinação de ficar livre dele. Essa determinação deve ser feita mesmo quando ainda se está preso ao problema."

Para sair do sofrimento, precisamos antes de tudo aceitar a situação em que nos encontramos e então reconhecer, no poder da determinação, a saída por onde queremos ir. Apesar de intelectualmente sabermos que sempre há uma saída, a maior parte das vezes estamos tão convencidos de sermos vítima de nossa própria dor, que resistimos a ideia de que algo possa ser mudado.

Quando nossas convicções do que sentimos como verdadeiro se tornam rígidas, precisamos recuperar uma certa flexibilidade. Somente mudamos uma atitude interna, quando estamos convencidos, emocionalmente, da real necessidade de mudar.

Pema Chödrön no seu livro "Os lugares que nos assustam", escreve:

"Se percebermos que estamos sendo tomados por uma justa indignação, este é um sinal claro de que já fomos longe demais e que nossa capacidade de causar alguma mudança estará comprometida. Crenças e ideais se tornaram somente uma outra maneira de erigir muralhas".

Por exemplo, quando nos sentimos ressentidos, nos tornamos reativos: surge em nós o impulso de agredir quem nos magoou e nossa energia automaticamente se esvai.

Se reconhecermos a natureza reativa de nossa mente, poderemos nos dar conta do quanto nos abandonamos neste momento. Deixamos de ser "donos de nós mesmos" quando nos tornamos presos à necessidade de prestar contas com alguém que nos magoou. Não percebemos quanto poder estamos transferindo para uma pessoa, quando pensamos: "Enquanto eu não tirar isso a limpo com ele, não sossegarei". Agindo assim, ficamos presos à capacidade de entendimento com o outro para recuperarmos nossa calma. Só quando nos apropriarmos de nós mesmos, recuperaremos nossa capacidade de observar uma emoção negativa.

Se quisermos ter paz interior, precisaremos considerar e respeitar o espaço interno de nossa mente como algo muito precioso. Algo tão precioso que queiramos preservar acima de tudo.

Todos os métodos de purificação da mente visam o mesmo objetivo: separarmo-nos da energia impura. A paz interna é a habilidade de manter a energia da mente sempre como um espaço limpo, leve e pleno de energia positiva. Assim sendo, essa é uma das ideias básicas para não sermos levados facilmente para o lado negro da Força!

CANALQUEPORRAEESSA


LEMBRANÇAS

Quando eu tinha 5 anos, minha mãe sempre me disse que a felicidade era a chave para a vida. Quando eu fui para a escola, me perguntaram o que eu queria ser quando crescesse. Eu escrevi "feliz". Eles me disseram que eu não entendi a pergunta, e eu lhes disse que eles não entendiam a vida.


Postado por Jonny Boy
sexta-feira, 19 de novembro de 2010 às 16:28 | 3 milhões de comentários


"O INIMIGO DO BOM É O MELHOR"


A VIDA

Por muito tempo eu pensei que a minha vida fosse se tornar uma vida de verdade. Mas sempre havia um obstáculo no caminho, algo a ser ultrapassado antes de começar a viver, um trabalho não terminado, uma conta a ser paga. Aí sim, a vida de verdade começaria. Por fim, cheguei a conclusão de que esses obstáculos eram a minha vida de verdade. Essa perspectiva tem me ajudado a ver que não existe um caminho para a felicidade. A felicidade é o caminho!

Assim, aproveite todos os momentos que você tem. E aproveite-os mais se você tem alguém especial para compartilhar, especial o suficiente para passar seu tempo; e lembre-se que o tempo não espera ninguém.

Portanto, pare de esperar até que você termine a faculdade;
Até que você volte para a faculdade;
Até que você perca 5 quilos;
Até que você ganhe 5 quilos;
Até que você tenha tido filhos...

Até que seus filhos tenham saído de casa;
Até que você se case;
Até que você se divorcie;
Até sexta à noite...

Até segunda de manhã;
Até que você tenha comprado um carro ou uma casa nova;
Até que seu carro ou sua casa tenham sido pagos;
Até o próximo verão, outono, inverno...

Até que você esteja aposentado;
Até que a sua música toque;
Até que você tenha terminado seu drink;
Até que você esteja sóbrio de novo...

Até que você morra!

E decida que não há hora melhor para ser feliz do que AGORA MESMO...

Lembre-se: FELICIDADE É UMA VIAGEM, NÃO UM DESTINO.

XIAO XIAO


O ESPECIALISTA

Um especialista foi chamado para solucionar um problema com computador de grande porte e altamente complexo... um computador que vale 12 milhões de dólares.

Sentado em frente ao monitor, pressionou algumas teclas, balançou a cabeça, murmurou algo para si mesmo e desligou o computador. Tirou uma chave de fenda de seu bolso e deu volta e meia em um minúsculo parafuso. Então ligou o computador e verificou que tudo estava funcionando perfeitamente. O presidente da empresa se mostrou surpreendido e ofereceu pagar a conta no mesmo instante.

- Quanto lhe devo? - perguntou.
- São mil dólares, por favor.
- Mil dólares? Mil dólares por alguns minutos de trabalho? Mil dólares por apertar um parafuso? Eu sei que meu computador vale 12 milhões de dólares, mas mil dólares é um valor absurdo! Pagarei somente se recebo uma nota fiscal com todos os detalhes que justifique tal valor.

O especialista balançou a cabeça e saiu.

Na manhã seguinte, o presidente recebeu a nota fiscal, leu com cuidado, balançou a cabeça, e saiu para pagá-la, no mesmo instante, sem reclamar.

A nota fiscal dizia:

Serviços prestados:
Apertar um parafuso........................... 1 dólar.
Saber qual parafuso apertar............. 999 dólares.

Moral da história:

Dizem que não se cobra pelo que se faz, mas pelo que se sabe!

XIAO XIAO 2


TE PEGARAM DORMINDO NO TRABALHO? TENTE ESTA SEQUÊNCIA...

Está em ordem decrescente... então, começa pela pior e vai melhorando as desculpas.

10. Eles me disseram no banco de sangue que isso poderia acontecer.

09. Isto e só um cochilo de 15 minutos para recuperar as energias, como foi ensinado naquele curso de gerenciamento do tempo que vocês me mandaram fazer.

08. Eu estava imaginando como é a vida de um cego.

07. Eu não estava dormindo! Eu estava meditando sobre a missão da empresa e tentando descobrir um novo paradigma.

06. Eu estava verificando se meu teclado e resistente a baba.

05. Eu estava fazendo um exercício altamente específico de Yoga para aliviar o stress do trabalho. Vocês discriminam pessoas que praticam Yoga?

04. Por que você me interrompeu? Eu estava quase chegando numa solução para o nosso maior problema.

03. A máquina de café esta quebrada.

02. Alguém deve ter posto café descafeinado no pote errado.

E a melhor coisa a se dizer se você for pego dormindo no trabalho:

01. ... e em nome de Jesus. Amém.

XIAO XIAO 3



O MISTÉRIO DO QUARTO 311

Durante alguns meses acreditou-se que o quarto 311, de um hospital municipal de Portugal, tinha uma maldição. Todas as sextas-feiras de manhã, os enfermeiros descobriam um paciente morto neste quarto da unidade de cuidados intensivos. Claro que os pacientes tinham sido alvo de tratamentos de risco mas, no entanto, já não se encontravam em perigo de morte.

A equipe médica, perplexa pensou que existisse alguma contaminação bacteriológica no ar do quarto.

Alertadas pelos familiares das vítimas, as autoridades conduziram um inquérito. Os pacientes do quarto 311 continuaram, no entanto, a morrer a um ritmo semanal e sempre as sextas-feiras. Por fim, foi colocada uma câmera no quarto.

E o mistério resolveu-se:

Todas as sextas-feiras de manhã, lá pelas 6 horas, a mulher da limpeza (Maria, como sempre) desligava o respirador artificial do doente para ligar o aspirador de pó!


RAPIDINHAS E INFAMES

O sujeito chega para o amigo e dispara:
- Ô João, me empresta mil reais?
- Não posso, só tenho setecentos.
- Não tem problema, você fica me devendo trezentos!

Aquele baixinho franzino entra num bar lotado, sobe num pequeno palco onde uma gorducha cantava, arrebata-lhe o microfone e pergunta para a platéia:

- Tem algum cabra valente aqui que goste de uma boa briga?

No mesmo instante levanta-se um crioulo de 2 metros de altura, sobe no palco e quando chega próximo do baixinho, este fala:

- Muito bem! Já arranjamos um! Tem algum outro cabra valente que queira brigar com este daqui?

Após as perguntas básicas, o psicólogo pergunta para o candidato ao emprego.

- O que o senhor fazia antes de se casar?
- Ah! Naquela época eu fazia tudo o que queria!

Diz o locutor de uma rádio:

- No último censo realizado pelo IBGE, ficou comprovado que a média da estatura brasileira é de 1,71m e somente 1 a cada 10.000 brasileiros mede acima de 1,90m.

Ao que alguém comenta:

- E é justamente este filho da puta que senta na minha frente toda vez que eu vou ao cinema!

O sujeito estava sendo interrogado no tribunal:

- Quer dizer que depois de sair da casa da vítima levando mais de 20 mil dólares, você voltou para roubar as jóias e as obras de arte da família?
- Foi quando eu me lembrei que só o dinheiro não traz felicidade!

O mendigo bate à porta de uma dona de casa e pede uma esmola.

- Puxa, mas o senhor me parece tão forte e sadio, por que será que não consegue achar trabalho?
- Sei não, madame! Acho que é pura sorte!

Sujeito entra num boteco e pede um copo de vinho.

- Branco ou tinto? - pergunta o balconista.
- Tanto faz, eu sou cego!

Polícia Rodoviária pára o motorista na estrada:

- Meu chapa, você vai ser multado por excesso de velocidade!
- Eu??? Mas eu estava tão devagar!
- O radar está dizendo outra coisa!
- Ah é?! - se irrita o motorista - E o que é que ele está dizendo?
- Que você estava a 140 reais por hora... mas eu deixo por cinquenta!

Aquele bandido muito perigoso, condenado à morte, senta-se na cadeira elétrica para ser executado.

- De acordo com a lei, o senhor tem o direito de solicitar o seu último desejo - diz o diretor do presídio.
- Eu gostaria que o senhor segurasse a minha mão!

XIAO XIAO



QUEM É O PORCO?

Um fazendeiro colecionava cavalos e só faltava uma determinada raça. Um dia ele descobriu que o seu vizinho tinha este determinado cavalo. Assim, ele atazanou seu vizinho até conseguir comprá-lo. Um mês depois o cavalo adoeceu, e ele chamou o veterinário:

- Bem, seu cavalo está com uma virose, é preciso tomar este medicamento durante 3 dias, no terceiro dia eu retornarei e caso ele não esteja melhor, será necessário sacrificá-lo.

Neste momento, o porco escutava toda a conversa.

No dia seguinte deram o medicamento e foram embora. O porco se aproximou do cavalo e disse:

- Força amigo! Levanta daí, senão você será sacrificado!!!

No segundo dia, deram o medicamento e foram embora. O porco se aproximou do cavalo e disse:

- Vamos lá amigão, levanta senão você vai morrer! Vamos lá, eu te ajudo a levantar. Upa! Um, dois, três.

No terceiro dia deram o medicamento e o veterinário disse:

- Infelizmente, vamos ter que sacrificá-lo amanhã, pois a virose pode contaminar os outros cavalos.

Quando foram embora, o porco se aproximou do cavalo e disse:

- Cara é agora ou nunca, levanta logo! Coragem! Upa! Upa! Isso, devagar! Ótimo, vamos, um, dois, três, legal, legal, agora mais depressa vai... fantástico! Corre, corre mais! Upa! Upa! Upa!!! Você venceu, Campeão!!!

Então de repente o dono chegou, viu o cavalo correndo no campo e gritou:

- Milagre!!! O cavalo melhorou. Isso merece uma festa! Vamos matar o porco!!!

Isso acontece muito dentro de uma empresa e ninguém percebe, quem é o funcionário que merece o mérito pelo sucesso.

Saber viver e ser reconhecido é uma arte.

DICA DE LIVRO

O MARAVILHOSO LIVRO DAS MENINAS


Que tal customizar suas roupas? Ou fazer uma bolsa superexclusiva? Já pensou em escrever sua própria peça de teatro, “fabricar” um perfume só seu, aprender a ler o futuro nas linhas da mão?

Se a resposta for um múltiplo “sim”, não perca tempo: O Maravilhoso Livro das Meninas foi feito para você! Do abc da culinária ao beabá das técnicas de maquiagem, conheça uma variedade incrível de truques e toques que toda garota gostaria de saber. Um almanaque com gosto de aventura, para meninas de hoje e de sempre.



XIAO XIAO MUTILATOR


10 VANTAGENS DE SER POBRE

01 - É simples!

Você não perde o seu precioso tempo com grandes sonhos. Se contenta com um sonho da padaria, um sonho de valsa...

02 - É valorizado!

Em um mundo de mulheres tão interesseiras e oportunistas, só as sinceras e verdadeiras dão bola pra você!

03 - É saudável!

Você tem uma vida de atleta: correndo pra alcançar o ônibus, malhando pra conseguir um lugar pra sentar e se alongando pra passar por baixo da catraca.

04 - É anti-estressante!

Nenhum vendedor te liga pra empurrar alguma bugiganga.

05 - É aliviante!

Com a sua fama de pé-rapado, nenhum amigo te pede dinheiro emprestado e, dependendo do seu grau de pobreza, eles nem serão mais seus amigos.

06 - É emocionante!

Você nunca sabe se o dinheiro vai chegar até o final do mês e, assim, tem uma rotina muito menos previsível!

07 - É invejável!

Enquanto os seus vizinhos viajam, pegam trânsito no feriado e sofrem com as praias lotadas, você descansa na comodidade do seu barraco.

08 - É útil!

Você tem de trabalhar aos domingos pra fazer hora-extra e, assim, não precisa assistir aos programas que são campeões de audiência de encheção de saco.

09 - É seguro!

Você não precisa levar a carteira para todos lugares que for, pois ela esta sempre vazia. Assim, os trombadinhas vão passar longe de você!

10 - É gratificante!

Sem dinheiro pra acessar a internet, você nunca vai ler textos inúteis como este...

VOCÊ CONSEGUE NOMEAR TODOS ESSES PERSONAGENS?


ESCAPADINHA NA CHINA

Um sujeito casado volta de uma viagem de negócios na China, onde ele aproveitou para conhecer algumas garotas de programa. Só que quando ele volta, seu pênis está todo verde. Ele esconde isso da mulher do jeito que pode e vai consultar um médico.

O médico olha o órgão do sujeito e diz debochando:

- Aha! Você foi para a China!
- É verdade.
- E conheceu umas garotas de programa!
- É verdade!
- Infelizmente isso não tem cura. Vamos ter que cortar.

O sujeito nem acredita no que ouve. Ele vai consultar outro médico, mas o diagnóstico é o mesmo.

O sujeito está muito deprimido, e procura um urologista que também confirma o diagnóstico.

Como não encontra outra saída, ele decide confessar suas escapadas à mulher que, depois de uma boa descompostura, o aconselha a ver um médico chinês. Um legítimo mesmo, lá na China, afinal eles devem estar
acostumados com esta doença.

O sujeito volta então para a China e marca uma consulta com um médico de renome. Ao examiná-lo, o médico dá uma risadinha:

- Hehehe! O senhor esteve na China recentemente...
- É verdade.
- E o senhor fez umas bobagens com as garotas...
- É verdade.
- E o senhor foi ver um médico brasileiro...
- É verdade.
- E o médico brasileiro lhe disse que teria que cortar...
- É verdade.
- Médico brasileiro não sabe nada! Não precisa cortar.

O sujeito nem acredita!

- Seu pesadelo acabou!
- Então existe um tratamento para isso?
- Não, mas não precisa cortar. Cai sozinho!


UM BOM OBSERVADOR

Uma mulher foi às compras em um supermercado perto de casa, onde pegou:

2 caixas de leite integral;
1 dúzia de ovos;
1 litro de suco de laranja;
1 alface americana;
1 quilo de café;
1 pacote de bacon fatiado.

Enquanto ela passava as compras do carrinho para a esteira do caixa, um bêbado, seguinte na fila, a observava. Enquanto o caixa registrava as suas compras, o bêbado calmamente disse:

- Vozzzê deve ser solteira.

A mulher ficou um pouco espantada com a declaração, e intrigada com a intuição do bêbado, já que, de fato, era solteira. Ela olhou os seis itens sobre a esteira e nada viu de particular, em sua seleção, que pudesse sugerir ao bêbado seu estado civil.

Com a curiosidade aguçada, ela disse:

- O senhor sabe, está absolutamente correto. Mas como diabos conseguiu descobrir isso?

E o bêbado respondeu:

- Porque vozzzê é feia pra caramba!!!

A BELEZA ESTÁ NOS OLHOS DE QUEM VÊ



SER PACIÊNTE

É comum ouvir-se dizer que alguém perdeu a paciência. Sendo a paciência uma virtude, parece estranha a ideia de que possa ser perdida. Virtudes são conquistas do espírito, que as incorpora em seu modo de ser. Não se trata de algo exterior, que o homem encontra e vê desaparecer sucessivas vezes.

Quem desenvolve uma virtude passa a ser melhor em determinado aspecto de sua vida imortal. É possível perder-se apenas o que se possui, mas não o que se é. Se uma característica nobre foi assimilada por alguém, ela não pode ser perdida. A criatura genuinamente honesta jamais extravia a própria honestidade. A pessoa bondosa não é privada repentinamente de sua bondade. Assim, quando alguém afirma que perdeu a paciência é porque nunca chegou a ser verdadeiramente paciente. Isso não significa que as virtudes surjam de um momento para o outro. Elas devem ser paulatinamente elaboradas no íntimo do ser.

No longo processo de aquisição da nobreza interior, trava-se uma autêntica batalha entre os vícios e as virtudes. É comum que certas quedas ocorram, pois se trata de um processo de transição. Mas a verdade é que, enquanto a criatura titubeia entre atos nobres e mesquinhos, ela ainda está lutando contra si mesma.

Virtudes não são propriedade de um determinado espírito, pois compõem a sua própria essência. Tanto é assim que habitualmente se fala que alguém é bondoso, e não que possui bondade.

Enquanto estamos com dificuldade para tolerar certas pessoas ou situações, ainda não somos pacientes. No máximo, estamos lutando para incorporar essa virtude. Afinal, é fácil conviver pacificamente com quem pensa igual a nós, ou suportar pequenos inconvenientes.

O teste para nossa fibra moral é suportar com serenidade grandes contrariedades ou provocações. A verdadeira paciência é sempre exteriorização da alma que já realizou muito amor em si mesma. Plena de amor, ela distribui os tesouros de seu afeto aos que a rodeiam, mediante a exemplificação.

A alma paciente já consegue considerar todas as criaturas como irmãs, em quaisquer circunstâncias. Se necessário, ela esclarece a ignorância, mas sempre de modo fraterno.

Paciência é a tolerância esclarecida que revela a iluminação do ser que a manifesta. Trata-se de uma conquista sublime, somente alcançada a custo de disciplina e esforço. Para ser paciente é preciso domar os próprios impulsos inferiores.

Quem pretende ser tolerante deve cessar de ver problemas nos elementos externos, sejam pessoas ou circunstâncias. Precisa compreender que todo o mal que atinge a criatura em evolução vem dela própria, de seu interior carente de renovação. Quem percebe as suas sequelas morais, sem disfarces ou desculpas, naturalmente tende a olhar o próximo com tolerância. Mas não basta apenas perceber os próprios problemas. É necessário corrigi-los, com a adoção de novos padrões de comportamento. A disciplina antecede a espontaneidade. Transformar vícios em virtudes pressupõe disciplina e determinação.

Assim, para ser paciente é preciso esforço em tolerar as dificuldades e os defeitos alheios. Mas também é indispensável trabalho concentrado para vencer os próprios vícios. Pense nisso.



Postado por Jonny Boy
sexta-feira, 12 de novembro de 2010 às 02:25 | 3 milhões de comentários


"NEOQEAV"


SAUDADE

Trancar o dedo numa porta dói. Bater com o queixo no chão dói. Torcer o tornozelo dói. Um tapa, um soco, um pontapé, doem. Dói bater a cabeça na quina da mesa, dói morder a língua, dói cólica, cárie e pedra no rim. Mas o que mais dói é a saudade.

Saudade de um irmão que mora longe.

Saudade de uma cachoeira da infância.

Saudade de um filho que estuda fora.

Saudade do gosto de uma fruta que não se encontra mais.

Saudade do pai que morreu, do amigo imaginário que nunca existiu.

Saudade de uma cidade.

Saudade da gente mesmo, que o tempo não perdoa.

Doem essas saudades todas. Mas a saudade mais dolorida é a saudade de quem se ama.

Saudade da pele, do cheiro, dos beijos.

Saudade da presença, e até da ausência consentida.

Você podia ficar na sala e ela no quarto, sem se verem, mas sabiam-se lá. Você podia ir para o dentista e ela para a faculdade, mas sabiam-se onde. Você podia ficar o dia sem vê-la, ela o dia sem vê-lo, mas sabiam-se amanhã. Contudo, quando o amor de um acaba, ou torna-se menor, ao outro sobra uma saudade que ninguém sabe como deter. Saudade é basicamente não saber.

Não saber mais se ela continua fungando num ambiente mais frio.

Não saber se ele continua sem fazer a barba por causa daquela alergia.

Não saber se ela ainda usa aquela saia.

Não saber se ele foi na consulta com o dermatologista como prometeu.

Não saber se ela tem comido bem por causa daquela mania de estar sempre ocupada; se ele tem assistido às aulas de inglês, se aprendeu a entrar na Internet e encontrar a página do Diário Oficial; se ela aprendeu a estacionar entre dois carros; se ele continua preferindo Malzebier; se ela continua preferindo suco; se ele continua sorrindo com aqueles olhinhos apertados; se ela continua dançando daquele jeitinho enlouquecedor; se ele continua cantando tão bem; se ela continua detestando o Mc Donald's; se ele continua amando; se ela continua a chorar até nas comédias.

Saudade é não saber mesmo!

Não saber o que fazer com os dias que ficaram mais compridos.

Não saber como encontrar tarefas que lhe cessem o pensamento.

Não saber como frear as lágrimas diante de uma música.

Não saber como vencer a dor de um silêncio que nada preenche.

Saudade é não querer saber se ela está com outro, e ao mesmo tempo querer.

É não saber se ele está feliz, e ao mesmo tempo perguntar a todos os amigos por isso...

É não querer saber se ele está mais magro, se ela está mais bela.

Saudade é nunca mais saber de quem se ama, e ainda assim doer.

Saudade é isso que senti enquanto estive escrevendo e o que você, provavelmente, está sentindo agora depois que acabou de ler...


TREINAMENTO DE APERFEIÇOAMENTO "MORCEGAR" NO TRABALHO

Não deixe seu chefe saber.

01. NUNCA CAMINHE SEM UM DOCUMENTO NAS MÃOS

Pessoas com documentos em uma das mãos parecem funcionários ocupadíssimos que se dirigem para reuniões importantes. As pessoas de mãos vazias parecem que estão se dirigindo para a cafeteria. As pessoas com um jornal nas mãos parecem que estão se dirigindo para o banheiro. Sobretudo, leve algum material para casa, isso causa a falsa impressão de que você trabalha mais horas do que você costuma trabalhar.

02. USE O COMPUTADOR PRA PARECER OCUPADO

Quando você usa um computador, parece que você está "trabalhando" para quem observa ocasionalmente. Você pode emitir e receber e-mail pessoal, ficar no bate-papo ou ter uma explosão sem que isso tenha alguma coisa a ver com trabalho.

03. MESA BAGUNÇADA

Quando sua mesa está bagunçada parece que você está trabalhando duramente. Construa pilhas enormes de documentos em torno de seu espaço de trabalho. Ao observador, o trabalho do ano passado parece o mesmo que o trabalho de hoje; é o volume que conta. Se você souber que alguém está vindo a sua sala, finja que está procurando algum papel.

04. O CORREIO DE VOZ

Nunca responda a seu telefone se você tiver o correio de voz. As pessoas não te ligam para te dar nada além de mais trabalho. Selecione todas suas chamadas através do correio de voz. Se alguém deixar uma mensagem do correio de voz para você e se for pra trabalho, responda durante a hora do almoço quando você sabe que eles não estão lá.

05. PAREÇA IMPACIENTE E IRRITADO

Você deve estar sempre parecendo impaciente e irritado, para dar ao seu chefe a impressão de que você está realmente ocupado.

06. SEMPRE VÁ EMBORA TARDE

Sempre deixe o escritório mais tarde, especialmente se o seu chefe estiver por perto. Sempre passe na frente da sala do seu chefe quando estiver indo embora. Emita e-mails importantes bem tarde (por exemplo 21:35, 6:00, etc.) e durante feriados e finais de semana.

07. RECLAME SOZINHO

Fale sozinho quando tiver muita gente por perto, dando a impressão de que você está sobre pressão extrema.

08. ESTRATÉGIA DE EMPILHAMENTO

Empilhar documentos em cima da mesa não é o bastante. Ponha vários livros no chão (os manuais grossos do computador são melhores ainda).

09. CONSTRUA UM VOCABULÁRIO

Procure no dicionário palavras difíceis. Construa frases e use-as quando estiver conversando com o seu chefe. Lembre-se: ele não tem que entender o que você diz, desde que o que você diga dê a entender de que você está certo.

10. O MAIS IMPORTANTE!!!

Não deixe o seu chefe ler isto por engano!!!


O BÊBADO E A DAMA DE PRETO

Começou a música e um bêbado levantou-se cambaleando e dirigiu-se a uma senhora de preto e pediu:

- Hic... Madame me dá o prazer dessa dança?

E ouviu a seguinte resposta:

- Não,por quatro motivos: primeiro, o senhor está bêbado! Segundo, isto é um velório! Terceiro, não se dança o Pai Nosso! E quarto, porque "Madame" é a puta que te pariu. Eu sou o padre!

DOODLE GOD



O Doodle God é um jogo onde você deve combinar diversos elementos para poder criar novas coisas. Elementos como fogo, água, ar e outros mais fazem parte deste jogo de raciocínio muito viciante. Ao todo você deve abrir 14 grupos e conseguir 115 combinações de diversos elementos. Clique na figura acima para jogar!

Você começa apenas com: AR, TERRA, FOGO e ÁGUA.


Apenas com esses 4 elementos, você tem que descobrir os outros, por exemplo:


TERRA com FOGO da LAVA, AR com TERRA da POEIRA, ÁGUA com TERRA da PÂNTANO...

O objetivo é completar todos os elementos, o jogo é bem legal e além de você poder jogá-lo online, ele é compatível com iPods, ou seja, é um modo extremamente divertido de você passar o tempo. Uma ótima opção para quem está em filas ou coisas do gênero. Até um dragão você faz no jogo. Comece a jogar agora mesmo!


COMO DAR NOTÍCIA RUIM

E no meio da madrugada o telefone toca. Nosso amigo levanta-se e atende:

- Alô, Seu Carlos? Aqui é o Arnaldo, caseiro do seu sítio.
- Pois não Seu Arnaldo. Que posso fazer pelo senhor? Houve algum problema?
- Ah, eu só tô ligando para avisar pro sinhô que o seu papagaio morreu.
- Meu papagaio? Morreu? Aquele que ganhou o concurso?
- É, ele mesmo.
- Pôxa! Que desgraça! Gastei uma pequena fortuna com aquele bicho! Mas ele morreu de quê?
- De comer carne estragada.
- Carne estragada? Quem fez essa maldade? Quem deu carne para ele?
- Ninguém. Ele comeu a de um dos cavalos mortos.
- Cavalo morto! Que cavalo morto, seu Arnaldo?
- Aqueles puro-sangue que o senhor tinha! Eles morreram de tanto puxar a carroça d'água!
- Tá louco? Que carroça d'água?
- Para apagar o incêndio!
- Mas que incêndio, meu Deus?
- Na sua casa! Uma vela caiu, aí pegou fogo na cortina!
- Caramba, mas aí tem luz elétrica!!! Que vela era essa?
- Do velório!
- QUE VELÓRIO???
- Da sua mãe! Ela apareceu aqui sem avisar e eu dei um tiro nela pensando que era um ladrão!

BITEY OF BRACKENWOOD


TRIIM!!! Toca o telefone na sapataria do português e ele fala:

- Alô! Casa de Calçados do Joaquim!
- Como? Casa de Calçados?!! - espantou-se o rapaz do outro lado da linha...
- É sim! - confirmou o português.
- Desculpe, me enganei de número!
- Não tem problema! Traz aqui que eu troco!

O amigo do Manuel o convida:

- O gajo. Estou a lhe convidaire para a festa de quinze anos de minha filha.
- Está bem, patrício. Eu irei. Mas ficarei no máximo uns dois anos.

- Por favor! O senhor viu alguém dobrando esta esquina, agora há pouco?
- Não, senhoire. Quando aqui cheguei, ela já estava dobrada...

E o Manuel entra com tudo numa contra-mão. Da azar e é parado por um guarda, no ato:

- Onde o senhor pensa que vai?
- Bem, seu guarda, eu estava a ire ao cinema, mas parece que me atrasei. Está todo mundo a voltaire!

O português viajava pela estrada com sua família, numa Besta quando, por excesso de velocidade é parado pelo guarda:

- Muito bem, espertinho, posso ver os documentos da Besta?
- Estão aqui, seu guarda... - responde, entregando os seus documentos pessoais.
- Não, não! Eu quero ver os documentos da perua! - diz o guarda!

Então, o português vira-se para sua mulher e diz:

- Querida, então é com você...

THE PROWLIES AT THE RIVER


DICAS DE LIVROS

TRILOGIA EDDIE DICKENS - LIVRO 1 - FIM MEDONHO


Quando os pais de Eddie Dickens descobrem que estão sofrendo de uma estranha doença que os deixa amarelos e com um terrível cheiro de bolsa de água quente, eles resolvem mandá-lo morar com o velho tio Jack Maluco, em Fim Medonho. Como o próprio nome já diz, o tio não tem nada de normal. A começar por sua mulher, tia Maud Maluca, dona de uma arminho empalhado que trata como se fosse um filho. Além disso, o tio Jack tem o estranho hábito de ir ao banheiro a cavalo e de pagar suas dívidas com enguias-elétricas secas. Fim Medonho é o primeiro livro da trilogia de Eddie Dickens. Sucesso de vendas e aclamada pela crítica literária inglesa, a trilogia já foi lançada em mais de vinte países, conquistando leitores de todas as idades.



TRILOGIA EDDIE DICKENS - LIVRO 2 - ATOS ASSOMBROSOS


Para quem achava que as inacreditáveis e recambolescas aventuras de Eddie Dickens tinham terminado em Fim Medonho, pode se preparar. Dessa vez, nosso herói, cercado pelos pais estranhos e tios malucos, se vê às voltas com um mágico escapólogo – uma espécie de Houdini pra lá de picareta -, que aparece sem mais nem menos e, em Fim Medonho dentro de um caixão! Estranho? Ainda vai piorar com a entrada triunfal de Daniella, assistente de O Grande Zucchini (o mágico, claro), que, literalmente, cai com um balão roubado na cabeça da tia Maud Maluca. A confusão se estabelece, mas Eddie só tem olhos para a adorável assistente, por quem fica babando (de verdade), e nem se importa de ir parar na cadeia com ela.



TRILOGIA EDDIE DICKENS - LIVRO 3 - TEMPOS TERRÍVEIS


Quando a família de Eddie Dickens decide mandá-lo aos Estados Unidos para descobrir o que aconteceu com “Tempos Terríveis”, o jornal da família, ele se mete em uma enrascada e tem que impedir o roubo do mais valioso diamante do mundo.



LITTLE FOOT


QUE DIABOS SE PASSA NA CABEÇA DESSE HOMEM?

Hoje foi mais um dia estressante no trabalho. Eu não via a hora de chegar em casa e contar tudo para o meu marido. Mas, ao abrir a porta, dei de cara com uma cena hor-ri-pi-lan-te: ele, cercado de jornais amassados, pacotes de bolacha e latinhas de cerveja, assistia ao jogo de futebol na TV e me disse "oi" sem tirar os olhos da tela.

Respirei fundo. Antes de começar uma discussão, fui pra o quarto e abri um livro que estava louca pra ler: What Could He Be Thinking? ("O que Ele Pode Estar Pensando?"), do terapeuta americano Michael Gurian. Pois vi ali que a culpa não é do meu marido. Ou, pelo menos não só dele.

Segundo Gurian, o responsável por esse e outros comportamentos irritantes é o cérebro masculino. Apoiado em recentes descobertas da neurociência, Gurian tenta explicar até que ponto o choque entre os sexos é resultado de direrenças na fisiologia cerebral.

Sobre as mulheres, Gurian também diz coisas curiosas. Segundo ele, nós gastamos tanta saliva porque faz bem ao cérebro. Quando eu falo, o nível do hormônio oxitocina aumenta, causando efeito calmante. Além disso, já nascemos com o cérebro preparado para a falação. Meu marido processa a linguagem somente na parte esquerda do cérebro, mas eu tenho seis áreas nos dois hemisférios pra processá-la. Hummm... não vejo a hora de contar essa novidade pra ele.

SITUAÇÕES IRRITANTES
Entenda por que ele age dessa forma.

"SABE QUE DIA É HOJE?"
O hipocampo (sede da memória) da mulher é maior para emoções. É por isso que ele sempre esquece a data de casamento, o vestido que você usou naquele dia especial, o que ele disse pra te conquistar etc, etc...

"EI! FALA COMIGO!"
O homem é mais incompetente que a mulher para falar e fazer outra atividade ao mesmo tempo. Se você não quer que o cérebro masculino dê "tilt", evite tentar conversar quando ele estiver jogando videogame.

"NÃO É FRESCURA!"
A mulher tem dez vezes mais sensibilidade na pele que o homem. Por isso, ele é incapaz de entender a dor que você tem quando quebra uma unha.

"O QUE VOCÊ SENTE? FALA!!!"
A capacidade do cérebro feminino para trasformar emoções em palavras é bem superior à masculina. O homem leva sete horas a mais que a mulher para processar emoções complexas. É bom não apressar muito o coitado.

"PÁRA DE ZAPEAR ISSO!"
Esse estranho hábito é útil para o cérebro masculino descansar e regenerar suas células. Lembre-se disso quando bater aquela vontade incontrolável de arremessar o controle remoto pela janela.

"MAS QUE CHIQUEIRO!"
Os homens são menos capazes de perceber detalhes visuais que as mulheres. É essa a razão de eles não pirarem no meio da bagunça.

WATERLOLLIES


O QUE DÁ NAMORAR NO PORTÃO

Tarde da noite, o namorado leva sua garota para casa.

Ao chegar no portão, apoia-se calmamente com a mão no muro e pede com aquela voz bem melosa:

- Meu amor, para fechar a noite, faz um boquete rapidinho...

Ela responde, assustada:

- O que é isso meu bem, na frente da minha casa? O que você está pensando?
- Ora, meu amor... não tem nada de mais... a rua está escura e todo mundo já está dormindo... faz um boquete faz...

Ela continua indignada:

- E se algum vizinho ou alguém da minha família ainda estiver acordado?

Ele insiste:

- Não vão estar não! Já é muito tarde e está tudo escuro. Não vamos perder esta oportunidade...

Ela já estava pronta para retrucar mais uma vez, quando aparece no portão sua irmã, sonolenta, dizendo:

- Papai pediu para você fazer logo esse boquete. Se você não fizer, é para eu fazer. Se for preciso até ele vem e faz. Mas, por favor, pede para este filho da puta tirar a mão do interfone que nós estamos querendo dormir!!!

BINGBONG OF BRACKENWOOD


OS PIORES XAVECOS

Cantada: Se beleza desse cadeia você pegaria prisão perpétua.
Resposta: Se feíura fosse crime, você pegaria pena de morte.

Cantada: Gata, você é linda demais, só tem um problema: a sua boca tá muito longe da minha!
Resposta: Questão de higiene!

Cantada: Qual o caminho mais rápido pra chegar no seu coração?
Resposta: Cirurgia plástica, lavagem cerebral e uns 3 meses de malhação.

Cantada: Eu não acreditava em amor a primeira vista. Mas quando te vi mudei de ideia.
Resposta: Que coincidência! Eu não acreditava em assombração.

Cantada: Você tem uma boca! Deve ter um gostinho... posso provar?
Resposta: Pode... (cospe no chão e vira as costas).

Cantada: Se tivesse uma mãe como você mamaria até os 30 anos.
Resposta: Se eu tivesse um filho como você mandava pro circo!

Cantada: Nossa, não sabia que boneca andava!
Resposta: E eu não sabia que macaco falava!

Cantada: Oi, o cachorrinho tem telefone?
Resposta: Tem, por quê? Sua mãe tá no cio?

Cantada: Este lugar está vago?
Resposta: Está, e este aqui onde estou também vai ficar se você se sentar aí.

Cantada: Então, o que você faz da vida?
Resposta: Eu sou travesti.

Cantada: Será que eu já não te vi em algum lugar?
Resposta: Claro! Eu sou a recepcionista da clínica de doenças venéreas... não se lembra?

Cantada: A gente já não se encontrou em algum lugar antes?
Resposta: Já e é exatamente por isso que eu não vou mais lá.

Cantada: A gente vai para a sua casa ou para a minha?
Resposta: Os dois. Você vai para a sua casa e eu vou para a minha.

Cantada: Eu queria te ligar, qual é o seu telefone?
Resposta: Está na lista.
Réplica: Mas eu não sei o seu nome.
Tréplica: Também está na lista, na frente do telefone.

Cantada: Ora, vamos parar com isso, nós dois estamos aqui nesta boate pelo mesmo motivo.
Resposta: É, pra pegar mulher...

Cantada: Eu quero me dar por completo pra você.
Resposta: Sinto muito, eu não aceito esmola.

Cantada: Se eu pudesse te ver nua, eu morreria feliz.
Resposta: Se eu pudesse te ver nu, eu morreria de rir.

Cantada: Está procurando boa companhia?
Resposta: Estou, mas com você por perto vai ficar muito mais difícil encontrar.


Só gosto de bacalhau por causa das batatas.
Só gosto de carne cozida por causa do caldo.
Só gosto de pão por causa do miolo.
Só gosto de mulher por causa da... bom, deixa pra lá.

THE LAST OF THE DASHKIN


PROJETO ELEITOR CONSCIENTE

Informativo: n°1 / nº2 / nº3 / nº4 / nº5 / nº6 / n°7.

JUSTIFICATIVA ELEITORAL

1. NÃO ESTOU NA CIDADE EM QUE VOTO, COMO JUSTIFICAR MINHA AUSÊNCIA?

Não precisam justificar a ausência nas eleições, os eleitores analfabetos, os maiores de setenta anos e os maiores de dezesseis e menores de dezoito anos.

O eleitor que estiver fora de seu domicílio eleitoral no dia da eleição terá que justificar sua ausência nas seções eleitorais ou nas mesas receptoras de justificativas. A justificativa deverá ser apresentada em cada turno da eleição.

As mesas receptoras de justificativas também funcionarão no Distrito Federal e nos municípios em que não houver votação em segundo turno.

O eleitor deverá comparecer aos locais destinados ao recebimento das justificativas com o formulário Requerimento de Justificativa Eleitoral preenchido e com seu título de eleitor ou documento de identificação com foto (carteira de identidade ou documento de valor legal equivalente, certificado de reservista, carteira de trabalho e carteira de habilitação, com foto).

2. COMO OBTER O FORMULÁRIO REQUERIMENTO DE JUSTIFICATIVA ELEITORAL?

O formulário Requerimento de Justificativa Eleitoral será fornecido gratuitamente aos eleitores, no período de 10 dias antes da eleição até o encerramento da votação do segundo turno, nos seguintes locais: cartórios eleitorais, internet, locais de votação ou de justificativa (no dia da eleição) e em outros locais autorizados pelo juiz eleitoral.

Os Tribunais Regionais Eleitorais, a partir de 10 dias antes da eleição, informarão por telefone, internet ou outro meio, o que for necessário ao eleitor, como por exemplo, o número de seu título eleitoral, zona e seção, para que possa preencher corretamente o Requerimento de Justificativa Eleitoral.

3. COMO DEVO PROCEDER SE NÃO JUSTIFICAR A FALTA NO DIA DA ELEIÇÃO?

O eleitor poderá justificar sua ausência até o dia 4 de dezembro de 2008, em relação ao primeiro turno, e até o dia 26 de dezembro, em relação ao segundo turno de votação, por meio de requerimento dirigido ao juiz da zona eleitoral em que for inscrito.

O requerimento deve conter a qualificação do eleitor (nome, data de nascimento, filiação, número do título e endereço atual), o motivo da ausência à votação, cópia do documento de identidade e de documentação que comprove as razões alegadas para justificar a ausência às urnas. Esse pedido pode ser entregue em qualquer cartório eleitoral, ou, encaminhado, por via postal, ao cartório da zona eleitoral onde o eleitor é inscrito.

4. QUANTAS VEZES POSSO JUSTIFICAR?

Não há limite de vezes para o eleitor justificar sua ausência no dia da votação. A justificativa substitui plenamente o voto e, o recolhimento da multa, no caso de não votar e não justificar, substitui a ambos.

5. QUAIS AS CONSEQUÊNCIAS PARA O ELEITOR QUE DEIXAR DE VOTAR E NÃO SE JUSTIFICAR?

O eleitor que deixar de votar e não se justificar perante o Juiz Eleitoral até sessenta dias após a realização da eleição incorrerá na multa imposta pelo juiz eleitoral. Não estará sujeita à sanção a pessoa portadora de deficiência que torne impossível ou demasiadamente oneroso o cumprimento das obrigações eleitorais, relativas ao alistamento e ao exercício do voto.

6. QUANDO MINHA INSCRIÇÃO PODERÁ SER CANCELADA?

Será cancelada a inscrição do eleitor que não votar em 3 (três) eleições consecutivas, não justificar sua ausência e não quitar a multa devida e, após seis anos, será excluída do cadastro de eleitores.

7. O ELEITOR, ENQUANTO NÃO REGULARIZAR SUA SITUAÇÃO COM A JUSTIÇA ELEITORAL, NÃO PODERÁ:

I inscrever-se em concurso ou prova para cargo ou função pública, investir-se ou empossar-se neles;

II receber vencimentos, remuneração, salário ou proventos de função ou emprego público, autárquico ou paraestatal, bem como fundações governamentais, empresas, institutos e sociedades de qualquer natureza, mantidas ou subvencionadas pelo governo ou que exerçam serviço público delegado, correspondentes ao segundo mês subseqüente da eleição;

III participar de concorrência pública ou administrativa da União, dos Estados, dos Territórios, do Distrito Federal ou dos Municípios, ou das respectivas autarquias;

IV obter empréstimos nas autarquias, sociedades de economia mista, caixas econômicas federais ou estaduais, nos institutos e caixas de previdência social, bem como em qualquer estabelecimento de crédito mantido pelo governo, ou de cuja administração este participe, e com essas entidades celebrar contratos;

V obter passaporte ou carteira de identidade;

VI renovar matrícula em estabelecimento de ensino oficial ou fiscalizado pelo governo;

VII praticar qualquer ato para o qual se exija quitação do serviço militar ou imposto de renda.

VIII - obter Certidão de Quitação Eleitoral.


NEOQEAV

Meus avós já estavam casados há mais de cinquenta anos, e continuavam jogando um jogo que haviam iniciado quando começaram a namorar.

A regra do jogo era que, um tinha que escrever a palavra "Neoqeav" em um lugar inesperado, para o outro encontrar, e assim que a encontrasse, deveria escrevê-la em outro lugar, e assim sucessivamente.

Eles se revezavam deixando "Neoqeav" escrita por toda a casa, e assim que um a encontrava, era sua vez de escondê-la em outro local, para o outro achar.

Eles escreviam "Neoqeav" com os dedos no açúcar, dentro do açucareiro, ou no pote de farinha, para que o próximo que fosse cozinhar achasse.

Escreviam na janela embaçada pelo sereno, que dava para o pátio onde minha avó nos dava pudim, que ela fazia com tanto carinho.

"Neoqeav" era escrita no vapor deixado no espelho, depois de um banho quente, onde a palavra iria reaparecer depois do próximo banho.

Uma vez, minha avó até desenrolou um rolo inteiro de papel higiênico para deixar "Neoqeav" na última folha, e enrolou tudo de novo.

Não havia limites para onde "Neoqeav" pudesse surgir.

Pedacinhos de papel com "Neoqeav" rabiscado apareciam grudados no volante do carro que eles dividiam.

Os bilhetes eram enfiados dentro dos sapatos e deixados debaixo dos travesseiros.

"Neoqeav" era escrita com os dedos na poeira sobre as prateleiras, e nas cinzas da lareira.

Esta misteriosa palavra tanto fazia parte da casa de meus avós, quanto da mobília.

Levou bastante tempo para eu passar a entender completamente e gostar deste jogo que eles jogavam.

Meu ceticismo nunca me deixou acreditar em um único e verdadeiro amor, que possa ser realmente puro e duradouro.

Porém, eu nunca duvidei do amor entre meus avós.

Este amor era profundo!

Era mais do que um jogo de diversão, era um modo de vida!

Seu relacionamento era baseado em devoção e uma afeição apaixonada, igual as quais nem todo mundo tem a sorte de experimentar.

O vovô e a vovó ficavam de mãos dadas sempre que podiam.

Roubavam beijos um do outro, sempre que se batiam um contra outro, naquela cozinha tão pequena.

Eles conseguiam terminar a frase incompleta do outro, e todo dia resolviam juntos, as palavras cruzadas do jornal.

Minha avó cochichava para mim, dizendo o quanto meu avô era bonito, como ele havia se tornado um velho bonito e charmoso, e ela se gabava de dizer que sabia como pegar os namorados mais bonitos.

Antes de cada refeição eles se reverenciavam, e davam graças a Deus, e bençãos aos presentes por sermos uma família maravilhosa, para continuarmos sempre unidos e com boa sorte.

Mas uma nuvem escura surgiu na vida de meus avós: minha avó tinha câncer de mama.

A doença tinha primeiro aparecido dez anos antes.

Como sempre, vovô estava com ela a cada momento.

Ele a confortava no quarto amarelo deles, que ele havia pintado dessa cor para que ela ficasse sempre rodeada da luz do sol, mesmo quando ela não tivesse forças para sair.

O câncer agora estava, de novo, atacando seu corpo.

Com a ajuda de uma bengala e a mão firme do meu avô, eles iam à igreja toda manhã.

E minha avó foi ficando cada vez mais fraca, até que, finalmente, ela não mais podia sair de casa.

Por algum tempo, meu avô resolveu ir à igreja sozinho, rezando a Deus para zelar por sua esposa.

E então, o que todos nós temíamos aconteceu: vovó partiu...

"Neoqeav" foi gravada em amarelo, nas fitas cor-de-rosa dos buquês de flores, do funeral da vovó.

Quando os amigos começaram a ir embora, minhas tias, tios, primos e outras pessoas da família se juntaram e ficaram ao redor da vovó pela última vez.

Vovô ficou bem junto do caixão da vovó e, num suspiro bem profundo, começou a cantar para ela.

Através de suas lágrimas e pesar, a música surgiu como uma canção de ninar que vinha bem de dentro de seu ser.

Sentindo-me muito triste, nunca vou me esquecer daquele momento.

Porque eu sabia que mesmo sem ainda poder entender completamente a profundeza daquele amor, eu tinha tido o privilégio de testemunhar a beleza sem igual que aquilo representava...

Aposto que a esta altura você deve estar se perguntando:

"Mas o que Neoqeav significa?"

Essa linda palavra quer dizer:

"NEOQEAV" = NUNCA ESQUEÇA O QUANTO EU AMO VOCÊ!!!


Postado por Jonny Boy
Visit the Site