sábado, 28 de agosto de 2010 às 03:03 |


"QUANDO TUDO VAI BEM, É PORQUE ALGO VAI DAR ERRADO"


LIBERDADE E OPÇÕES

O mundo moderno é rico de possibilidades. A sociedade convive melhor com as diferenças e as mais diversas opções são possíveis, sem causar grandes choques e antagonismos.

No pretérito, não era assim. Por muito tempo, a transposição entre classes sociais era difícil, senão impossível. Em certas culturas, quem nascia em família de artesãos deveria sê-lo também. O círculo da nobreza era inacessível para os nascidos plebeus. Hoje vigora em maior grau uma liberdade não apenas de opções, mas também de costumes.

Perante o corpo social, afigura-se possível ao indivíduo escolher livremente sua profissão, hábitos, moradia e amigos. Ele pode escolher constituir família ou permanecer solteiro. É possível a alguém casar-se, separar-se, tornar a se casar inúmeras vezes.

Esse contexto de liberdade é valioso para os seres humanos. Não é possível crescer em entendimento e compreensão sem a possibilidade de tomar decisões e arcar com as consequências. Mas é preciso refletir sobre os reflexos das próprias opções. Os seres humanos estão em constante interação e os atos de uns refletem nas vidas dos outros. Justamente por isso se afirma que liberdade pressupõe responsabilidade.

Para pessoas de consciência a questão da liberdade é ainda mais séria. Elas necessitam compatibilizar as opções que fazem com as palavras e os bons exemplos. Caso contrário, as palavras seriam apenas um rótulo, destituído de significado. Assim, se você se afirma uma pessoa consciente, analise a forma como utiliza suas ações. Reflita se suas opções revelam fidelidade às boas maneiras. Como você se identifica com os valores, isso quer dizer que sua sensibilidade está desperta para aspectos transcendentes da vida. Ou seja, o mundo e seus valores não mais o satisfazem plenamente. Há em você a necessidade de transcender, de amar puramente seus irmãos, de compreender e respeitar a vida.

Recorde, pois, que todos nós somos trabalho, amor, renúncia e pureza. Suas opções estão de acordo com esse modelo? Caso não estejam, pense que você é livre, pleno de possibilidades. A cultura lhe é acessível, carreiras estão a sua disposição, você pode gastar seu tempo como lhe aprouver. Por que não optar livremente pela felicidade duradoura? Que lhe importa que no mundo imperem a desonestidade, a luxúria e a irresponsabilidade? Você é responsável exclusivamente por suas opções, pelo que faz de sua vida.

Não utilize os equívocos dos outros como desculpas. Em uma determinada citação, uma pessoa afirmou que tudo lhe era possível, mas nem tudo lhe era conveniente. É exatamente a sua situação. No mundo atual, quase tudo é admitido, sem censuras. Mas a consciência de quem ama e admira a vida não compactua com comportamentos levianos. Não se iluda nem embote sua consciência. Viva de forma nobre a sua liberdade.

ESCAPE THE DUNGEON






A quem poderia interessar,

Bem-vindo a meu pequeno calabouço maravilhoso. Como você chegou aqui é sem importância, mas o que é importante é o veneno que pulsa por suas veias no momento que você lê isto. Em uns meros 10 minutos você será o assunto de minha mais recente experiência que é claro que a menos que você seja astucioso bastante para achar um antídoto e escapar. Mas com quem estou brincando - esses tipos de fugas só acontecem nos filmes, eu sugiro que você comece a se acostumar com a ideia de ser um mutante. Muahahahahahahaha.


Verdadeiramente seu,


Seu Menos Favorito Contudo Insano Cientista Furiosamente Brilhante.


Você está preso em um local repleto de caveiras e objetos assustadores. Clique para todos os lados e encontre itens que vão lhe ajudar a encontrar uma saída, resolvendo enigmas essenciais para conseguir fugir antes que seja tarde demais.

BESTEIROL DO DIA

Definições que não estão no Aurélio:

AMOR:
Enfermidade temporária que se cura com o casamento. Palavra de quatro letras, duas vogais e dois idiotas.

DANÇAR:
É a frustração vertical de um desejo horizontal.

ESCOTEIROS:
40 crianças vestidas de idiotas, comandadas por 1 idiota vestido de criança.

DOR DE CABEÇA:
Anticonceptivo mais usado pelas mulheres destes tempos.

VIRGEM:
Menina de 9 anos, muito feia, que corre mais que o primo.

EXAME ORAL:
Prova para conseguir um estágio na Casa Branca.

LÍNGUA:
Órgão sexual que os antigos usavam para falar.

CONFIANÇA:
Via livre que se dá a uma pessoa para que cometa uma série de abusos.

DIPLOMACIA:
Arte de dizer "lindo cachorro", até encontrar uma pedra para atirar nele.

FÁCIL:
Diz-se da mulher que tem a moral sexual igual a de um homem.

GINECOLOGISTA:
Especialista que trabalha no lugar onde os outros homens se divertem.

HERÓI:
Indivíduo que, diferente do resto, não pôde sair correndo.

HOMEM:
Ser masculino que durante seus primeiros nove meses de vida quer sair de um lugar em que tenta entrar pelo resto da vida.

INDIFERENÇA:
Atitude que uma mulher adota perante um homem que não lhe interessa, que é interpretada pelo homem como se estivesse "se fazendo de difícil".

INTELECTUAL:
Indivíduo capaz de pensar por mais de duas horas em algo que não seja sexo.

NINFOMANÍACA:
Termo com o qual um homem define uma mulher que deseja fazer sexo mais vezes que ele.

TRABALHO EM EQUIPE:
Possibilidade de colocar a culpa nos outros.

DICA DE LIVRO

ORGULHO E PRECONCEITO E ZUMBIS


Best-seller do New York Times, Orgulho e Preconceito e Zumbis é uma versão ampliada do popularíssimo romance de Jane Austen. Trazendo cenas inéditas com muito sangue, miolos, combates e morte, Seth Grahame-Smith apoderou-se do maravilhoso romance do século XIX e transformou-o em uma leitura debochada e, assim, ainda mais divertida e envolvente.

Uma misteriosa praga se abateu sobre o tranquilo vilarejo de Meryton, na Inglaterra - e os mortos estão retornando à vida! Nossa implacável heroína, Elizabeth Bennet, está determinada a eliminar a ameaça zumbi, mas logo sua atenção é desviada pela chegada do altivo e arrogante Sr. Darcy. O que se segue é uma deliciosa comédia de costumes, repleta de civilizados embates entre os dois jovens enamorados e de batalhas um tanto mais violentas, onde fica evidente que nessa nova versão a protagonista não tem apenas argumentos afiados, mas também sua adaga.

Conseguirá Elizabeth subjugar as crias de Satã? Poderá ela superar os preconceitos sociais da aristocracia local? Feito para fãs de Jane Austen, feito para fãs de zumbis, Orgulho e Preconceito e zumbis transforma uma obra-prima da literatura mundial em algo que você terá vontade de ler e reler.

Gostou? Tem o link dos 3 primeiros capítulos para download, é só clicar e conferir. Yo!



NÃO SOU MAIS VIRGEM!!!

A família almoçava tranquilamente quando, de repente, a filha de 10 anos comentou:

- Tenho uma má notícia, não sou mais a virgem!

E começou a chorar, visivelmente alterada, com as mãos no rosto e um ar de vergonha. Silêncio sepulcral na mesa. De repente começam as acusações mútuas:

- Isso é por você ser como é - disse o marido à esposa - por se vestir como uma puta barata e se arreganhar para o primeiro imbecil que chega aqui em casa, exemplo que a menina vê todo o dia!

Em seguida, dirigindo-se à filha de 25 anos, de dedo em riste, disse:

- E você que fica se agarrando no sofá e lambendo aquele palhaço do seu namorado que tem jeito de viado, tudo na frente da menina!

A mãe, não aguentando mais, revida gritando:

- E quem é o idiota que gasta a metade do salário com as putas e se despede delas na porta da casa? Pensa que eu e as meninas somos cegas? Além disso, que exemplo você pode dar se desde que assinou essa maldita TV a cabo passa todos os finais de semana assistindo filmes pornô de 5º categoria e depois acaba em masturbações com direito a todos os tipos de gemidos e grunhidos, hein?

Desconsolada e à beira de um colapso, a mãe com os olhos cheios de lágrimas e voz trêmula pega ternamente nas mãos da filhinha de 10 anos e pergunta baixinho:

- Como foi que isso aconteceu, minha filha?

E, soluçando descontroladamente, a menina responde:

- A professora me tirou do presépio! A virgem agora é a Fernanda e eu vou fazer a vaquinha.



Você quer um joguinho de raciocínio rápido? Twinoo é o primeiro jogo multiplayer para uma só pessoa. Que o melhor hemisfério do cérebro ganhe.

REFORMA ORTOGRÁFICA EM QUADRINHOS

O garoto Manezinho explica à Mônica e ao Cebolinha as novas regras ortográficas que unificaram a grafia da Língua Portuguesa a partir do primeiro dia de 2009.

Um dos méritos desta edição é mostrar, na primeira parte da história, algumas das razões e necessidades que levaram à unificação da ortografia nos países de Língua Portuguesa, situando a reforma em um contexto cultural.

Com a participação do garoto português António Alfacinha, um dos personagens mais recentes da Turma da Mônica, também são explicadas algumas mudanças na grafia das palavras em Portugal, ratificando o teor cosmopolita desta revista, que não despertará interesse apenas no Brasil.

As páginas de passatempos temáticos, certamente ignoradas por leitores adultos, transformam-se agora em verdadeiros exercícios de assimilação no auxílio ao aprendizado, completado por um glossário que explica o que é ditongo, paroxítona, semivogal e outros conceitos como rizotônico e prefixo, importantes para o entendimento das novas regras ortográficas. Uma boa ideia (já sem o acento agudo no “e”), que está mais à mão para quem não aguenta (agora sem trema) procurar por manuais que circulam pela internet.

No final dessa historinha, você encontrará a revistinha para download com os passatempos temáticos e tudo o mais.



























REGRAS NO CASAMENTO

Se a moda pega!

Um casal recém casado vai viver em sua nova casa e o homem diz:

- Se você quer viver comigo as minhas regras são estas:

* As Segundas e Terças a noite, vou tomar café com os amigos;
* As Quartas a noite vou ao cinema com o pessoal;
* E as Quintas, Sextas e Sábados a noite, vou no bar com os amigos;
* Aos Domingos vou deitar cedo porque preciso descansar!

Se queres, queres, se não queres...

Então a mulher responde:

- Para mim só existe uma regra:

* Aqui em casa todas as noites tem sexo!

Quem está, está... quem não está... AZAR...

BED INTRUDER SONG

Primeiro você tem que assistir ao primeiro vídeo... para poder entender o segundo.




SÁBIA ESCOLHA DE UM HOMEM

Um homem tinha três namoradas e não sabia com qual delas deveria se casar. Resolveu, então, fazer um teste para ver qual estava mais apta a ser sua mulher. Tirou R$ 15 mil do banco, deu R$ 5 mil para cada uma e disse:

- Gastem com o que quiserem.

A primeira foi ao shopping, comprou roupas, jóias, foi ao cabeleireiro, salão de beleza, etc.. voltou para o homem e disse:

- Gastei todo o seu dinheiro assim para ficar mais bonita para você, para lhe agradar. Tudo isso porque amo você.

A segunda foi ao mesmo shopping, comprou roupas para ele, um CD Player, uma televisão tela plana, dois pares de tênis para jogar futebol, tacos de golfe e filmes pornô. Voltou para o homem e disse:

- Gastei todo o seu dinheiro assim para lhe fazer mais feliz, lhe agradar. Tudo isso porque amo você.

A terceira pegou o dinheiro, aplicou em ações. Em três dias duplicou o investido, retornou os R$ 5 mil para o homem e disse:

- Apliquei o seu dinheiro e ganhei o meu. Agora posso fazer o que quiser com o meu dinheiro. Tudo isso porque eu amo você.

Então o homem pensou, pensou...

Pensou...

Pensou...

Pensou...

Pensou...

Pensou...

Pensou...

Pensou...

Pensou...

Pensou...

Pensou...

Pensou...

Os homens, pensam muito...

Pensou...

Pensou...

Pensou...

Pensou...

Pensou...

Pensou...

Pensou...

Pensou...

Pensou...

Pensou...

Pensou...

E casou com aquela que tinha a bunda mais gostosa!

Aêêê!!! Homem é tudo igual mesmo!



Postado por Jonny Boy

3 milhões de comentários:

Jacq disse...

hhahahahha
quero um dicionário desses pra mim!!! ahahahaha
eh pensar não é mt o forte do homem. hahahhahaha...hahhahah!!!!

28 de agosto de 2010 21:32  
Neima disse...

O post está especialmente engraçado...
ri demaaaais do dicionário! adooorei!
e da menininha que não é mais virgem.. hauhauhahauhauhauha ..
tadinha!
também gostei do texto de fechamento sobre os homens.. infelizmente agluns são assim mesmo!

foi uma boa leitura, depois de um dia super cansativo como o de hoje!

beijoooos,
saudade

2 de setembro de 2010 20:57  
Felipe disse...

a Música desse capitulo foi muito boa, a Clarinha ia curtir o HQ da Mônica, eça é fã !

8 de setembro de 2010 08:58  
Visit the Site